Luz do Óleo do Painel.           

Acendeu a luz do óleo no painel e o motorista se preocupou? Com razão, pois com lubrificação do motor não se brinca. Motor fundido está entre as contas mais elevadas na mecânica do automóvel.

Parou no primeiro posto e foi logo conferir o nível do óleo no cárter. Ele já percebeu que, sempre que esta luz de alerta se acende, é sinal de que o nível está baixo, sinalizando a necessidade de completar com mais meio ou um litro de óleo.

Entretanto, para sua surpresa, a vareta indicava nível correto, entre as marcas de “mínimo” e “máximo”. Ou seja, o óleo estava com a quantidade correta no cárter. O que poderia estar ocorrendo, então, quando acendeu a luz do óleo?

A luz de alerta do óleo não indica nível baixo no cárter, mas falta de pressão no sistema de lubrificação do motor. Então, se a luz se acende, uma das possibilidades é de falta de óleo, que se resolve completando o nível. Pois, se não tem óleo, a pressão do sistema cai a zero.

Mas, se o nível está correto e a luz se acendeu, existe então a possibilidade de um problema grave no sistema de lubrificação. Pode ser um defeito (ou entupimento) da bomba de óleo, ou do próprio óleo que ficou muito grosso (borra), ou do excesso de folga entre partes móveis (bronzinas e eixo, por exemplo). Este é um defeito que não dá margem sequer ao motorista levar o carro rodando até a oficina, sob risco de agravar o problema e tornar o reparo bem mais caro. É chamar o reboque na hora!

           Entretanto, existe também a possibilidade de a luz de alerta do óleo se acender sem que haja nenhum problema no motor: pode ser um defeito do Sensor que indica a pressão (“cebolinha”), ou então o Circuito do Painel de Instrumento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *